papa-figo 1

Papa- figo, o monstro caçador de crianças do Recife – conheça aqui

As ruas de Recife evocam os monstros. Seres sobrenaturais passeiam à vontade pela noite recifense e se saúdam, em busca de vítimas. Entre os mais famosos, e mais citados, está o PAPA-FIGO.

Em uma versão  da lenda, o Papa-Figo é um monstro de orelhas peludas, longas como de um cavalo. Aparência de um Nosferatu tupiniquim, ou um lobisomem: Corpo Cabeludo, disforme, uma visão infernal.

Em outra versão, é um  homem que começou a sofrer de uma doença de nome hoje desconhecido. Mas que o fazia se comportar como um lobisomem, perseguindo pessoas e urrando, terrível.

   Nas duas formas, era a pessoa de família nobre e abastada de terras Recifenses, isso em meados do século  XIX. Algumas versões dizem que ele nasceu com a doença, e outras que adquiriu. Chagas e pústulas surgiram em sua pele, e ele definhava a olhos vistos. Um seu criado, negro já idoso, consultando um pai de santo, escutou uma  macabra recomendação: O sinhozinho precisava matar. Só iria se curar das mazelas se comesse fígado de crianças.

   O negro velho logo falou com o mestre, que ele deveria comer (papar) o “figo” ( fígado) de inocentes. E começou a caçada pelas crianças. Dizem que ora o próprio senhor de casa grande, ora seu escravo fiel, saiam nas noites de Recife para conseguir infantes e saciar sua fome. O medo se instalou entre os moradores da cidade, e as crianças eram advertidas a ficar próximas de seus pais e de suas casas, e não vagar pela noite sozinhas.

papa-figo 2

O Papa-figo busca as vítimas, sejam crianças ou mesmo adultos

Um novo Papa-figo ?

O mais espantoso é que foi realmente registrado o surgimento de uma espécie de “Serial Killer”.  Alguns moradores do Recife  afirmam ter avistado um homem, carregando um saco pardo. Foi visto cerca de 1880 em SÃO JOSÉ, GRAÇAS, BENFICA, BOA VISTA, RECIFE ANTIGO e DOIS IRMÃOS, bairros grandes e bem populosos . Alguns Povoados da zona da mata  relataram a visão do Papa-Figo vagando por suas proximidades. Sempre carregando um saco, o que guardava semelhança em todas as aparições.

   O Papa-figo aparentemente era também imortal, pois mesmo após 60 anos de suas aparições, foi visto à caça de crianças pelos idos de 1950, em CASA AMARELA. Ele usava na ocasião um carro preto, de aspecto fúnebre. Até aconteceu o relato do desaparecimento de uma criança, vítima de seus intentos por sangue.

   Não se sabe quando morreu, ou se morreu... Pois toda criança dos anos 80 ainda lembra das famosas KOMBIS azul ou amarela, que passeavam pela cidade buscando crianças e adolescentes para tirar órgãos. Quem não garante que foi mais um ataque do terrível papa-figo, terceirizando sua fábrica de vítimas? Novos tempos, novo marketing. Era a KOMBI azul passando, e só quem foi criança levada fujona  ou gazeteira de aulas em 1987, como eu, experimentou  o medo sentido e a carreira dada para bem longe!

 Talvez ele esteja vivo, apenas aguardando a hora certa para novas intentadas. E aí, a caçada por sangue recomeçará.  Então, crianças, fiquem atentas, ou, do contrário, poderá ser tarde, tarde demais.

 

Conheça o livro Sombras do recife, e o papa-figo Cristiano , acesse AQUI.

Posted in Assombrações, Assombrações do Recife, Conto, Crônica, Curiosidades, História do Recife, Papa- figo.