MITO MANIA – Mito e Mitologia Folclórica

Mito e Mitologia Folclórica com Histórias do Arco da Velha!

           Mito mania - Mito e mitologia folclórica, mito mania - mito e mitologia folclórica, Mito mania - Mito e mitologia folclórica. Mito mania - mito e mitologia folclórica, mito-mania - mito e mitologia folclórica. Mito mania - Mito e mitologia folclórica, mito mania - mito e mitologia folclórica, mito mania - mito e mitologia folclórica, Mito mania - Mito e mitologia folclórica. Mito mania - mito e mitologia folclórica, mito-mania - mito e mitologia folclórica.

         A palavra mitomania é associada à mentira, e mitômano é o que não conta a verdade. Mas a nossa MITO MANIA é diferente.

        Aqui nessa seção você vai encontrar mitos, lendas, causos e acontecimentos narrados por pessoas vivas, mortas ou morta-vivas.

        Sobre assombrações, visões e otras cositas màs que aconteceram com elas ou com o primo do irmão do avô.

        São histórias às vezes em  primeira pessoa, relatos de experiência própria. Ou de família, herdadas por tradição, contadas de pai para filho. A narradora aqui acredita de pés juntos em tudo... pois também vejo e ouço coisas do além desde minha infância.

        Assombrações que às vezes apenas querem dar avisos aos seus entes queridos que ficaram, mas que pelo apelo do sobrenatural me renderam  vários sustos e carreiras.

        Isto me apavorava bastante,  até eu começar a encarar com naturalidade, como algo que existe no mundo.O sobrenatural virou natural, para mim. Minhas visões e audições não mais me causam espanto hoje em dia.

     

MITO MANIA – Mito e Mitologia Folclórica 2

 

 

MITO MANIA - Mito e Mitologia Folclórica

      Esta seção do site estará sempre com novas histórias, à parte do blog que é mais focado no real.

     Se quiser contribuir com as postagens, curta nossa FANPAGE e entre em contato, estarei mais que feliz e responder e postar seu relato aqui. Leia as nossas Histórias em Quadrinhos AQUI .

     Para tornar mais “picante”, sempre que nos for autorizado, divulgaremos o nome da pessoa, ou traremos fotos de coisas sobrenaturais. Nada é o que parece, ou tudo é... Cabe a você, leitor, caminhar nesta trilha de trevas e acreditar... ou não.

MITO MANIA - Mito e Mitologia Folclórica

Eu Vejo crianças Mortas... Todo o Tempo.

O relato de hoje veio de uma leitora e colaboradora do site que vou chamar deS. A. , pois ela prefere ficar anônima. Algumas de suas histórias ocorrem em uma casa que foi vendida e ela não quer se indispor com os proprietários. Então vamos às assombrosas revelações de S.A. :

       Morei em uma casa mal-assombrada, em Tejipió. Estas histórias aconteceram comigo, pois sempre tive o dom de ver coisas estranhas, principalmente manifestações de crianças.Crianças fantasmas.
       Éramos cinco, irmãos e irmãs, e sempre víamos coisas estranhas. Na época, década de 60/70, era costume as famílias enterrarem as crianças que morriam, no quintal. Tive um irmãozinho com necessidades especiais, que era dois anos mais novo que eu. Ele era bem branquinho, puxou à minha avó portuguesa. Já eu,pareço uma índia, com a pele morena e cabelos bem pretos e lisos.
       Pois bem: este meu irmãozinho, eu ninava, colocava no colo e dava a chupeta para que ele não chorasse. Era bastante apegado comigo, e eu com ele. Como ele tinha necessidades especiais e não conseguia se cobrir sozinho do frio, vivia usando pijamas. Pijamas de bichinhos estampados. Ele faleceu,eu fiquei muito triste sem ele, mas acostumamos com a dor, com o passar do tempo.
       Passaram-se os anos, casei e continuei morando na mesma casa em Tejipió, com meu marido.

       Estava uma noite a dormir, quando senti um toque delicado de dois dedinhos no meu braço. Ainda meio zonza de sono, com aquele enfado que toda mãe de menino pequeno tem, olhei para a figura diminuta ao meu lado, mas sem conseguir ver o rostinho.

        Apenas a mãozinha pequena, a manga da roupa e o peito. Acreditava ser meu filho de três anos.
    

MITO MANIA - Mito e Mitologia Folclórica

   Me levantei, meio abusada, e o segui até a sala. Ele sentou no sofá, e eu deduzi que era meu filho com sede, então fui na cozinha beber um pouco de água e levar água para ele também. Chegando na sala, o garotinho havia sumido. Dei um grito , jogando o copo d’água na parede.

   Na mesma hora, meu marido apareceu, estremunhado de sono, perguntando o que foi. Contei à ele o que ocorreu, e fomos até o berço de nosso filho. Lá estava ele dormindo,em um berço com grades pelas quais não iria conseguir passar, usando uma roupa diferente da do menino que eu vi. Pois o menino usava um pijama. Estampado com bichinhos.
    Ainda lembro dos dedinhos no meu ombro, dedinhos brancos. Frios.
    Eu sempre vi também, desde minha infância, creio que por conta de minha herança indígena, um pequeno indiozinho. Costumava persegui-lo pela casa, para de repente perceber que ele havia sumido. Cresci com a visão deste curumim, e em uma foto que tirei em Brasília, no Catetinho, dá para vê-lo.

crianças fantasmas 1

A seta aponta onde dá para ver a assombração. Foto borrada para manter a privacidade da autora.

   

 

 

MITO MANIA - Mito e Mitologia Folclórica

 

    Um outro relato com foto se deu pela mão de um irmão falecido, aparecendo em uma foto onde só estávamos nós,mulheres e crianças. Mas a mão de meu irmão estava lá, e eu senti sua presença. Reconheci sua mão, os nós dos dedos, e ali estava, a mão fantasma ... Ele segurava meu filho e minha sobrinha.

   Gostou de nossa  história de hoje ? Cso tenha algum relato interessante, com ou sem fotos, e queira participar, estamos abertos a colaboradores nesta seção. Pode ser anõnimo, ou com seu nome na história. Leia mais fatos interessantes e de terror no nosso BLOG, AQUI.
   Curta e compartilhe nossa FANPAGE NO FACEBOOK!! Pode falar com a gente por lá!!!
   E aguarde, sempre novidades no blog e nos QUADRINHOS!

 

 

A PROCISSÃO DAS ALMAS E O FOGO DAS ALMAS

Mais duas histórias contadas à luz dos mitos pessois. Uma procissão fantasmagórica? Bolas de fogo que surgem , do nada, e somem? Leia aqui!

A Procissão das Almas 1

      

     Estas duas histórias nos são trazidas por um leitor, que prefere não falar seu nome. Como faz parte do imaginário popular do interior, está no nosso BLOG e na página MITO MANIA também . O chamaremos de A.M.C.
      O leitor nos conta assim:
     Esta história me falou minha avó, que morava no interior. A mãe dela, minha bisavó, estava uma noite na varanda, olhando para a rua deserta. De repente, ela viu um estranho séquito seguindo lentamente pela rua.
      Naqueles tempos, era comum haver procissão a qualquer hora, inclusive de madrugada. Diante dos olhos estupefatos de minha bisavó, a procissão foi sumindo ao longe... digo sumindo mesmo, as pessoas desapareciam. Era uma procissão de mortos. Então, ela entendeu que presenciara a famosa e assustadora Procissão das Almas.
      Uma outra história que me falaram foi a do FOGO DAS ALMAS, ou bolas de fogo que surgem do nada, flutuam e, de repente, desaparecem no ar. Geralmente surgem perto de platações, e são vistas amiúde pelas pessoas do interior.

   Sobre estas bolas de fogo, o site SOMBRAS DO RECIFE saiu à busca de algo qe as elucidasse.

 

 

Raios globulares, pode ser a resposta?

 

 O fogo das Almas

   Cientistas chineses coletaram por acaso os primeiros dados reais sobre a composição de um tipo de raio muito raro.

   Os raios globulares - também chamados de bolas de fogo ou relâmpagos de bola - são um verdadeiro mistério para a ciência porque eles são muito raros, o que torna quase impossível estudá-los.

   Essas bolas de fogo normalmente ocorrem durante tempestades, com dimensões que vão de uma bola de pingue-pongue até vários metros de diâmetro, que saem flutuando no ar, voando na horizontal por vários segundos, e somem.  Os  cientistas  averiguaram o assunto, e tentam recriar o fenômeno .Os resultados sugerem que a bola de fogo brilhante é composta de uma mistura de elementos do solo, o que está de acordo com uma teoria antiga, mas para a qual faltavam evidências experimentais.

   O raio globular é formado quando a descarga elétrica de um raio comum atinge o solo, vaporizando minerais silicatos no solo. O carbono do solo arranca os átomos de oxigênio dos silicatos, criando um gás de átomos de silício de alta energia. Esse gás então se recombina com o oxigênio do ar, liberando calor e emitindo o brilho característico da bola de fogo. Pode desizar por 10 metros e sumir. Mas quem disse que não é sobrenatural?

 

 

 

 

MITO MANIA - Mito e Mitologia Folclórica

 

    Gostou de nossa  história de hoje ? Caso tenha algum relato interessante, com ou sem fotos, e queira participar, estamos abertos a colaboradores nesta seção. Pode ser anônimo, ou com seu nome na história. Leia mais sobre a PROCISSÃO DE ALMAS no nosso BLOG, AQUI.
   Curta e compartilhe nossa FANPAGE NO FACEBOOK!! Pode falar com a gente por lá!!!
   E aguarde, sempre novidades no blog e nos QUADRINHOS!