casas mal-assombradas 1

Casas Mal-Assombradas: A Mansão Assombrada da Avenida Rosa e Silva.

Casas Mal- Assombradas do Recife

Casas Mal- Assombradas do recife é uma nova série com fantasmas reais encontrados em lugares da cidade. Confira esta história, onde monstros reais se apresentam para nosso deleite!

        Casas Mal-assombradas, casas mal-assombradas, casas mal-assombradas.Casas Mal-assombradas, casas mal-assombradas. Casas Mal-assombradas, Casas Mal-assombradas, casas mal-assombradas, casas mal-assombradas.

       Esta história me trouxe a minha madrinha, Alba. O meu avô, Pedro da Costa Cirne, tinha uma mansão na então badalada socialmente avenida Rosa e Silva. Esta avenida era onde toda a grande sociedade recifense morava. A casa ficava de frente para  o atual Pão de Açucar 24hs, e ia da esquina até o terreno do posto de gasolina e borracheiroque existe atualmente lá.
      Nesta casa imensa, moravam meus avós com meus 8 tios e tias (eram 11, mas 3 morreram de doenças do início do século XX).
      Pois bem, os quartos ficavam no primeiro andar da mansão. Lá embaixo, cozinha, copa, salas de estar, de jantar, terraços e banheiros. Esta casa era imensa, como os padrões de época.  
      Para poder ir ao banheiro, meu pai e tios tnham de descer as escadas, no escuro. Até chegar ao interruptor mais perto. E era neste momento que as coisas ficavam assustadoras.
 Quase sempre, ao meio da escada, escutavam o barulho de um pano de cortina correndo por um trilho, tal um teatro-  pancadas no chão, como que uma bengala marcando o passo, e vozes cantando em falsete. Era uma apresentação de comédia dos infernos? Minha madrinha não sabia dizer: afirmava, no entanto, que era de arrepiar todos os cabelos.
      Em outra ocasião, esta contada por meu pai, no quarto dos meninos (onde ele e os meus tios dormiam), se ouviu um grande estrondo e, de repente, uma mão gigantesca apareceu impressa como que em sangue, na parede... Ao mesmo tempo, o meu tio Omar ouviu, por trás dele, um vozeirão: “AONDE ESTÁ O MEU RELÓGIO?????”.
      Todos saíram correndo do quarto, obviamente.

O Medo Nunca Dorme nas Casas Mal-Assombradas.

   Os barulhos, o terror , já era parte quase do cotidiano de meus tios e tias, nesta casa. Tanto que estas histórias me foram contadas casualmente, durante uma noite , em uma outra casa enorme onde faltava luz. Minha infância, a partir daquele dia, foi assombrada por estas histórias, que trarei aos poucos à luz de velas de cada terror noturno.

casas mal-assombradas 2

Foto real da casa em 1960

 

 

Leia novos posts sempre, conteúdo assombrado de nosso BLOG

Gostou de nosso artigo? Comente, curta e compartilhe, conheça nosa fanpage no facebook!

https://www.facebook.com/sombrasdorecife/

Posted in Assombrações, Assombrações do Recife, Bairros do Recife, Casas Mal-assombradas, Conto, Crônica, Curiosidades, História do Recife, Histórias Verdadeiras, Literatura, terror.