santa-isabel-texto-1-assombração

Aparições do teatro Santa Isabel

Teatro de Santa Isabel - Venha conhecer as lendas que assombram o teatro

Aparições ? ou apenas o vento passando entre os assentos e camarotes? Leia aqui sobre as muitas assombrações e fantasmas que povoam o Santa Isabel no Recife

PARTE 1 -Teatro de Santa Isabel : 166 anos de tradições e assombrações

aparições aparições

Esta série de textos vai contar um pouco da história do teatro Santa Isabel, em si e sua relação com Recife. Segure o chapéu, vai ser assustador !

O vento gelado perpassa as fileiras de cadeiras, as frisas e os camarotes. Um grito assustador e assombrado se ouve no proscênio. A orquestra invisível toca para a bailarina de olhos fundos. Bem-vindos ao terror de aparições que habitam o Teatro de Santa Isabel no Recife.
Muitas histórias foram relatadas a respeito dos monstros e aparições que literalmente fazem palco no Teatro de Santa Isabel. Inaugurado em 1850, o teatro veio para suprir a necessidade de uma casa de shows de porte no Recife. Em 1869 o teatro sofreu um incêndio horrível, que o destruiu completamente . Este evento tétrico, por si só já dá um clima de medo ao lugar. Eram 4 horas da tarde, e o Convento de São Francisco tocou seu sino. Pelo antigo código dos sineiros, cinco badaladas, fogo no Recife. Seis, em Santo Antônio, sete, em São José... O sino tocou seis , era Santo Antônio, era o Santa Isabel.
O teatro queimou até o chão. Coincidência ou não, a peça em cartaz na véspera fora FAUSTO, de GOETHE ,e possivelmente um aparelho utilizado para efeitos de fogo infernal, e que fora deixado no camarim da prima-donna, ocasionou o sinistro.
Após este fato e a reconstrução do teatro em 1876, muitos outros contos do teatro surgiram. Os antigos funcionários relataram que, a horas mortas,ouviam aplausos, cantos, e vozes de uma platéia invisível. O piano tocava , assombrado, e o som era espectral; Uma bailarina fantasmagórica bailava no palco o balé do umbral entre vida e morte.

Algumas outras aparições

Também foi vista uma dama espectral, não se sabe se em trajes de soirèe ou austeros, mas de tempos antigos. Mais uma figura do teatro assombrado, vindo talvez assistir a uma peça ou ópera do além túmulo. Tantas são as aparições relatadas pelos funcionários, histórias que crescem à medida que os anos passam. São na maioria casos relatados por funcionários do turno da noite,melhor horário para os fantasmas passearem pelo teatro sem serem incomodados pelos vivos.
   Um  funcionário estava fazendo a manutenção do teatro no periodo noturno, quando viu um homem subindo a escadaria. Ora, o teatro estava fechado para o público. Ainda ouvindo o ressoar dos passos do tal homem  na escada, correu o funcionário para pedir que saisse... Obviamente, o homem sumira: era fantasma.
  Do mesmo modo, uma senhora que trabalhou no Teatro falou que, certa vez , ficou presa no banheiro com uma etérea  mulher  loura de olhos cavos e  algodão nas narinas.  A aparição ficou bem na frente da porta de saída, e a pobre faxineira não conseguia sequer gritar por socorro. Do jeito que apareceu, sumiu.
 Que o Teatro de Santa Isabel é assombrado, não restam dúvidas. Todas as noites, a companhia fantasmagórica  apresenta suas peças e números de dança, para quaisquer  desavisado que tiver o azar de frequentar seu salão, seus camarotes ou seu palco.
Na próxima blogagem do sábado, dia 18/03/17   falarei sobre Teatro de Santa Isabel em si,  sua história e fatos reais que  são pouco difundidos ou conhecidos. O mais belo teatro do recife, palco de tantas peças e companhias  será mostrado ao leitor como nunca se viu antes, em imagens raras  de acervo pessoal. Aguardem !!

Aproveitem e curtam nossa fanpage no facebook  https://www.facebook.com/sombrasdorecife/

Inscreva-se em nossas listas para ser avisado das novidades!

Posted in Assombrações, Curiosidades, História do Recife, Literatura.