A Cacimba do Padre de Noronha 1

A Cacimba do Padre de Noronha – Assombrações incríveis da famosa ilha.

Ela é conhecida como uma das melhores praias para surf do Brasil. Mas que mistérios guarda a assombrada praia da Cacimba de Noronha?

A Cacimba do Padrede Noronha : Assombrações de Pernambuco

a cacimba do padre de noronha,a cacimba do padre de noronha, a cacimba do padre de noronha, a cacimba do padre de noronha, a cacimba do padre de noronha, a cacimba do padre de noronha, a cacimba do padre de noronha.

    Quem conhece Fernando de Noronha sabe que uma das maiores dificuldades lá é a água. Até hoje, a população em geral usa água dessalinizada, ou seja, água do mar tratada. Esta água, bebível, ainda tem um pouco do sabor do sal, a água salobra. Esta lenda do fantástico e do imaginário tem a ver com isto.
    O ano é 1888. O então capelão do Presídio de Fernando de Noronha, o Padre Francisco Adelino de Brito Dantas , por um acaso, descobriu uma magnífica fonte de água potável. Esta fonte, diziam, era considerada a melhor de Noronha, com 14 metros de profundidade. A região é completamente deserta, próxima à Quixaba. O nome permanece até hoje como a "Cacimba do Padre". Perto da fonte, ruínas indicam grandes construções do passado. É possivel que seja mesmo a antiga moradia do misterioso padre.
    A lenda fantasmagórica da famosa cacimba começou logo após a morte do capelão. Os presos que ali circulavam narraram que, em certas noites, quando o luar banhava a terra ao redor da cacimba, era possível ver o fantasma do padre desencarnado.
    Ele sempre chega mansa e lentamente, etéreo. Vem montado em uma mulinha toda branca também, a assombração de uma mulinha. Os prisioneiros contavam que podiam ver através da estranha dupla. era como se feitos de poeira de estrelas.
    A mula e o padre iam lentamente de um determinado ponto fixo até a beira da cacimba e lá paravam, por um tempo, como que guardando sua integridade. Até os dias de hoje a visão ainda é reportada.

A Cacimba do Padre de Noronha nos dias de hoje:Curiosidades.

A Cacimba do Padre de Noronha 2

  

  Esta lenda foi recolhida por Campos Aragão, publicada no seu livro "Guardando Céu nos Trópicos" 1942.

Não há quem se aproxime da cacimba do Padre sem se encantar. Apesar de não haver infra estrutura de pousadas próximo, temos dois restaurantes com água de coco e o famoso peixe na folha de bananeira. É lindo, solitário e intocado. Uma das melhores praias da América do Sul para surfe. A Cacimba do Padre tem uma larga faixa de areia, um mar lindíssimo, mas bem bravo na época das ondas (de dezembro a março). Ali ocorrem diversos campeonatos, com os mais famosos surfistas do Brasil.

   Em 2016, dois casos sinistro de afogamento nunca desvendados ocorreram nesta praia, vitimando um delegado, Walter Giudice, de 54 anos, e também um turista idoso de 80 anos. ambos foram engolidos por suas águas e mistérios.

   Após percorrer a trilha, passando da lendária fonte, chega-se à praia de areia branca. de cada lado, altos rochedos e paredes de rocha nua avançando para o mar. De lá dá para admirar as pedras gêmeas, os "Dois Irmãos". Milhares de aves tem seu ecossistema nestas pedras.

   A beleza estonteante do local e a descoberta da fonte geraram a lenda que continua até hoje na ilha. A cacimba, que foi construída para aproveitar a água mais pura de Noronha, atualmente está abandonada, poluída e danificada. Antigamente, a água era tão pura que ministravam aos doentes, como água curativa. Mais uma lenda da incrível cacimba diz que, quem beber da água, nunca esquecerá Fernando de Noronha, e sempre para lá irá querer voltar.

Gostou de nossa reportagem? Acompanhe as novidades do site curtindo nossa FANPAGE DO FACEBOOK AQUI!

Blogagem todas as terças e sábados, sempre com novidades sobre Recife, lendas e Pernambuco.

Acesse outras reportagens  BLOG !!

Posted in Assombrações, Casas Mal-assombradas, Conto, Curiosidades, Fernando de Noronha, Histórias Verdadeiras, Literatura, terror.